Páginas

pergunta:

"Até quando vamos ter que agüentar a apropriação da idéia de 'liberdade de imprensa', de 'liberdade de expressão', pelos proprietários da grande mídia mercantil – os Frias, os Marinhos, os Mesquitas, os Civitas -, que as definem como sua liberdade de dizer o que acham e de designar quem ocupa os espaços escritos, falados e vistos, para reproduzir o mesmo discurso, o pensamento único dos monopólios privados?"

Emir Sader

16.4.17

Intelectuais lançam manifesto do Projeto Brasil Nação

DESENVOLVIMENTO E SOBERANIA

Intelectuais lançam manifesto do Projeto Brasil Nação

Idealizado pelo economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, documento propõe "alternativa viável e responsável ao país" e a reconstrução de um centro político em condições de unir o país em torno de um projeto
por Redação RBA publicado 13/04/2017 18h13, última modificação 14/04/2017 09h25
DIVULGAÇÃO/BRESSER-PEREIRA
bresser-pereira.jpg

Bresser-Pereira chama a sociedade a se unir em torno de uma ideia de solidariedade nacional

São Paulo – "A desigualdade volta a aumentar, após um período de ascensão dos mais pobres. A sociedade se divide e se radicaliza, abrindo espaço para o ódio e o preconceito", afirma o manifesto do Projeto Brasil Nação, idealizado pelo economista Luiz Carlos Bresser-Pereira. O documento busca expor uma "alternativa viável e responsável para o país".

Bresser-Pereira chama a sociedade a se unir em torno de uma ideia de solidariedade nacional frente a "uma crise sem precedentes", aliada a um "retrocesso com apoio de uma coalizão de classes financeiro-rentista que estimula o país a incorrer em déficits em conta corrente, facilitando assim, de um lado, a apreciação cambial de longo prazo e a perda de competitividade de nossas empresas, e, de outro, a ocupação de nosso mercado interno pelas multinacionais".

Assinam o documento nomes de diferentes áreas, como o embaixador e ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim, o escritor Raduan Nassar, o compositor e escritor Chico Buarque, o cineasta Kleber Mendonça Filho, a cartunista Laerte Coutinho, o jurista Fábio Konder Comparato, a filosofa Márcia Tiburi, o médico Alexandre Padilha, a psicanalista Maria Rita Kehl, e a presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, entre outros.

O texto classifica como pilares da ideia a autonomia nacional, a democracia, a liberdade individual, o desenvolvimento econômico, a diminuição da desigualdade, a segurança e a proteção do ambiente.

Em relação às políticas públicas de caráter econômico, o manifesto apresenta cinco pontos: "Regra fiscal que permita a atuação contracíclica do gasto público, e assegure prioridade à educação e à saúde; taxa básica de juros em nível mais baixo, compatível com o praticado por economias de estatura e grau de desenvolvimento semelhantes aos do Brasil; superávit em conta corrente do balanço de pagamentos que é necessário para que a taxa de câmbio seja competitiva; retomada do investimento público em nível capaz de estimular a economia e garantir investimento rentável para empresários e salários que reflitam uma política de redução da desigualdade; reforma tributária que torne os impostos progressivos".

As medidas anticíclicas desenvolvimentistas, de acordo com o projeto, "levam ao desenvolvimento econômico com estabilidade de preços, estabilidade financeira e diminuição da desigualdade", a fim de "ajudar a refundar a nação brasileira, unir os brasileiros em torno das ideias de nação e desenvolvimento".

Leia a íntegra do Manifesto do Projeto Brasil Nação

http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2017/04/intelectuais-lancam-manifesto-do-projeto-brasil-nacao-1 

Nenhum comentário:

Cancion con todos

Salgo a caminar
Por la cintura cosmica del sur
Piso en la region
Mas vegetal del viento y de la luz
Siento al caminar
Toda la piel de america en mi piel
Y anda en mi sangre un rio
Que libera en mi voz su caudal.

Sol de alto peru
Rostro bolivia estaño y soledad
Un verde brasil
Besa mi chile cobre y mineral
Subo desde el sur
Hacia la entraña america y total
Pura raiz de un grito
Destinado a crecer y a estallar.

Todas las voces todas
Todas las manos todas
Toda la sangre puede
Ser cancion en el viento
Canta conmigo canta
Hermano americano
Libera tu esperanza
Con un grito en la voz