Páginas

pergunta:

"Até quando vamos ter que agüentar a apropriação da idéia de 'liberdade de imprensa', de 'liberdade de expressão', pelos proprietários da grande mídia mercantil – os Frias, os Marinhos, os Mesquitas, os Civitas -, que as definem como sua liberdade de dizer o que acham e de designar quem ocupa os espaços escritos, falados e vistos, para reproduzir o mesmo discurso, o pensamento único dos monopólios privados?"

Emir Sader

26.4.17

Arcebispo de Porto Alegre defende greve geral: ‘reformas têm que considerar inclusão social’


Arcebispo de Porto Alegre defende greve geral: 'reformas têm que considerar inclusão social'

Dom Jaime Spengler, arcebispo metropolitano de Porto Alegre 
| Foto: Nelson S. Pereira/Divulgação

Da Redação

O arcebispo metropolitano de Porto Alegre, Dom Jaime Spengler, divulgou nota nesta quarta-feira (26) apoiando as paralisações da greve geral na próxima sexta. A greve em protesto contra reformas do governo federal na Previdência Social, na legislação trabalhista e com relação às terceirizações, já tem adesão de diversas categorias a nível nacional.

Na nota, Dom Jaime defende: "Diante das propostas que estão sendo apresentadas pelo governo federal, é fundamental que se ouça a população em suas manifestações. O povo tem o direito de ser ouvido. Reformas que incidem mais diretamente sobre a vida da maioria do povo precisam ser levadas adiante com muito discernimento. Importante que as reformas tenham sempre em consideração a inclusão social".

A Arquidiocese de Porto Alegre lembra ainda da posição que já havia sido assumida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), no final de março. A CNBB convocou então a população a aderir a greve do dia 28 de abril, especialmente contra a reforma da Previdência, defendo esta como a melhor forma de "buscar o melhor para o nosso povo, principalmente os mais fragilizados'".

http://www.sul21.com.br/jornal/arcebispo-de-porto-alegre-defende-greve-geral-reformas-tem-que-considerar-inclusao-social/#


Nenhum comentário:

Cancion con todos

Salgo a caminar
Por la cintura cosmica del sur
Piso en la region
Mas vegetal del viento y de la luz
Siento al caminar
Toda la piel de america en mi piel
Y anda en mi sangre un rio
Que libera en mi voz su caudal.

Sol de alto peru
Rostro bolivia estaño y soledad
Un verde brasil
Besa mi chile cobre y mineral
Subo desde el sur
Hacia la entraña america y total
Pura raiz de un grito
Destinado a crecer y a estallar.

Todas las voces todas
Todas las manos todas
Toda la sangre puede
Ser cancion en el viento
Canta conmigo canta
Hermano americano
Libera tu esperanza
Con un grito en la voz