Páginas

pergunta:

"Até quando vamos ter que agüentar a apropriação da idéia de 'liberdade de imprensa', de 'liberdade de expressão', pelos proprietários da grande mídia mercantil – os Frias, os Marinhos, os Mesquitas, os Civitas -, que as definem como sua liberdade de dizer o que acham e de designar quem ocupa os espaços escritos, falados e vistos, para reproduzir o mesmo discurso, o pensamento único dos monopólios privados?"

Emir Sader

25.3.17

DAMOUS: MORO TEM TRAÇOS DE SOCIOPATA E AGE COMO TORTURADOR DO DOI-CODI

247 – O deputado Wadih Damous (PT-RJ), que já presidiu a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rio de Janeiro, publicou um novo vídeo, em que acusou o juiz Sergio Moro, de usar a Polícia Federal como uma polícia política contra seus adversários.

Ele se referia ao caso do blogueiro Eduardo Guimarães, que foi alvo de condução coercitiva e teve seus equipamentos apreendidos, e disse que Moro age como um "fora da lei".

Ele também afirmou que o juiz paranaense tem traços de sociopata e o comparou aos torturadores Brilhante Ustra e Paulo Malhães, da ditadura. Damous se referia ao fato de Moro ter desqualificado Eduardo Guimarães, em seu "pedido de desculpas" – no documento, Moro disse que Guimarães foi logo entregando a fonte e, portanto, não poderia ser considerado um verdadeiro jornalista.

"Não é papel de juiz fazer considerações morais sobre cidadãos", diz ele. Damous lembrou que Guimarães tem uma filha com paralisia cerebral e que já enfrenta situações de fragilidade emocional.

Confira acima.

http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/286751/Damous-Moro-tem-tra%C3%A7os-de-sociopata-e-age-como-torturador-do-DOI-Codi.htm




20.3.17

// É PRECISO ESTAR ATENTO E FORTE //

O Seu Jornal de hoje está no ar. Veja os destaques desta edição:

O presidente da câmara, deputado Rodrigo Maia, anunciou que o projeto que regulamenta a terceirização da mão de obra será prioridade na pauta do plenário desta semana, em Brasília. Maia quer aprovar o PL 4302 do executivo, ate quarta-feira.

No mês em que se celebram as lutas femininas, a universidade do estado do Rio de Janeiro promove um debate sobre a representatividade da mulher nos espaços de poder.

O IDEC, instituto brasileiro de defesa do consumidor, e mais quatorze organizações lançaram a petição online "chega de agrotóxicos". O objetivo é recolher o maior número de assinaturas para que seja aprovado no congresso nacional um projeto de lei para reduzir o uso de substâncias tóxicas no Brasil.



REDE TVT:
...

// É PRECISO ESTAR ATENTO E FORTE //

Os golpistas querem retomar o PL 4302, que regulamenta a terceirização na atividade fim das empresas, nesta terça-feira (21) pela Câmara dos Deputados. Nós vamos fazer pressão nos aeroportos, mobilizar nossas bases para ocupar o Congresso Nacional.

Saiba mais: http://s.cut.org.br/2nwjwbs



...

// GOLPISTAS QUEREM VOTAR A TERCEIRIZAÇÃO NESTA TERÇA //

Vão aprovar a Terceirização na atividade fim? É possível, porque vivemos em um Estado de Exceção, com um governo ilegítimo, que tomou de assalto o poder através de um golpe.

...

O Jornal da CUT de hoje faz um alerta: PL da terceirização pode ser votado nesta terça;

CUT apoia projeto de lei que reduz agrotóxicos;

E ainda: CONTAG, Confederação Nacional dos Trabalhadores Na Agricultura define em Congresso novo plano de lutas e elege nova direção.

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretende colocar em votação no plenário da Casa nesta terça-feira o PL 4302/1998, o projeto de lei que escancara a terceirização e a precarização do trabalho.

CUT-RS: "Deputados não terão sossego"
Recado foi dado no aeroporto, durante protesto contra as reformas
Escrito por: CUT-RS • Publicado em: 20/03/2017 - 15:16 • Última modificação: 20/03/2017 - 15:28

Foto: CUT-RS

A CUT-RS abriu a semana com mobilização na madrugada desta segunda-feira (20) no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. Com a participação de vários sindicatos e federações filiadas, os trabalhadores protestaram contra a terceirização e as reformas da Previdência e trabalhista do governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB). Haverá novas manifestações em outros horários de vôos para Brasília ao longo do dia e na madrugada desta terça-feira (21).

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretende colocar em votação no plenário da Casa nesta terça-feira o PL 4302/1998, o projeto de lei que escancara a terceirização e a precarização do trabalho. Encaminhado ao Congresso Nacional pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), o PL havia sido arquivado em 2003, a pedido do ex-presidente Lula (PT), mas foi agora desengavetado pelo golpista Temer.

"Os deputados que votarão a favor dessas propostas, que retiram direitos dos trabalhadores, não terão sossego", avisou o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo. "Além de protestarmos no embarque para Brasília, vamos esperá-los no desembarque para dizer que não aceitamos pagar o pato e alertar que os golpistas e os traidores serão varridos pelo povo nas eleições de 2018".

Para Claudir, "o PL 4302/98 é mais um golpe contra a classe trabalhadora. Caso seja aprovado, ele jogará no lixo a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e os direitos trabalhistas".

Houve distribuição de panfletos da CUT-RS aos passageiros, dentre eles vários assessores de deputados, bem como aos trabalhadores das empresas aéreas. Estiveram presentes dirigentes sindicais de várias categorias, como metalúrgicos, professores, bancários, telefônicos, aeroviários, servidores públicos, trabalhadores do Polo e da Saúde, dentre outros.

Precarização e legalização do "bico"

O presidente da CUT-RS destacou que a tentativa de votação do PL 4302/98 é uma nova estratégia dos golpistas, com o objetivo de driblar a resistência e luta do senador Paulo Paim (PT-RS), relator do PLS 030/2015, que prevê a terceirização ilimitada. Paim realizou audiências públicas em todos os estados e elaborou um relatório que impede a terceirização na atividade-fim das empresas.

"Eles mudaram também a estratégia de votação, pois anteciparam projetos da reforma trabalhista antes da reforma da Previdência, diante da grande pressão dos trabalhadores contra o fim da aposentadoria, que está começando a surtir efeito", avaliou Claudir.

"O PL 4302/98 é lesivo aos trabalhadores, à Previdência e ao Brasil, uma vez que amplia o trabalho temporário, permite a terceirização na atividade-fim das empresas, rebaixa os salários e reduz a arrecadação do INSS", denunciou.

O projeto elimina o caráter "extraordinário" da contratação ao aumentar a permissão do trabalho temporário para seis meses, com possibilidade de até mais 90 dias, eliminando, portanto, o conceito de temporário. Trata-se da legalização do "bico".

O temporário também não terá direito à multa de 40% sobre o FGTS e ao aviso prévio em casos de demissão sem justa causa. Caso seja aprovado na Câmara, o texto dependerá apenas da sanção do golpista Temer.

Antiga reivindicação dos empresários para afrouxar a legislação trabalhista, o texto aprofunda os ataques à classe trabalhadora. Segundo o dossiê "Terceirização e Desenvolvimento, uma conta que não fecha", lançado pela CUT e pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), os terceirizados ganham 25% menos, trabalham quatro horas a mais e ficam 2,7 anos a menos no emprego quando comparados com os contratados diretos.

A terceirização favorece ainda situações análogas à escravidão. O documento aponta que, entre 2010 e 2013, entre os 10 maiores resgates de trabalhadores escravizados, nove eram terceirizados.

"Não aceitamos pagar o pato"

Claudir destacou que a CUT está organizando também forte pressão nos gabinetes e corredores do Congresso, para que os parlamentares rejeitem esse projeto nefasto. "Os direitos da classe trabalhadora, tão durante conquistados ao longo da história, estão ameaçados, uma vez que os financiadores do golpe, como as federações empresariais, estão cobrando a fatura e querem fazer o trabalhador pagar o pato para aumentar os seus lucros", ressalta.

"Temos que impedir a precarização do trabalho e o fim dos direitos trabalhistas e da aposentadoria", enfatizou. "Não aceitamos pagar o pato", reiterou o presidente da CUT-RS.

http://cut.org.br/noticias/cut-rs-deputados-nao-terao-sossego-a436/


19.3.17

Transmissão da inauguração popular da transposição do rio São Francisco

CELEBRAÇÃO DAS ÁGUAS

TVT transmite inauguração popular da transposição do rio São Francisco

Ato político, às 16h deste domingo (19), terá presença dos ex-presidentes Lula e Dilma, além de Ciro Gomes e governadores da Paraíba, Ceará, Bahia e Piauí
por Redação RBA publicado 18/03/2017 13h39, última modificação 18/03/2017 23h54
TWITTER
C7EH3mCWwAUX989são francisco.jpg

Lula, Dilma e governadores farão a festa de inauguração com a comunidade do sertão

São Paulo – A TV dos Trabalhadores (TVT) transmite neste domingo (19), a partir das 16h, diretamente do município de Monteiro, no interior da Paraíba, o ato político de inauguração popular da transposição das águas do rio São Francisco.

O ato contará com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que será acompanhado pela presidenta deposta Dilma Rousseff,  o ex-ministro Ciro Gomes  e  os governadores da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), do Ceará, Camilo Santana (PT), da Bahia, Rui Costa (PT), e do Piauí, Wellington Dias (PT), entre outros políticos e autoridades.

O Nordeste está entrando no sexto ano de a inauguração da transposição tem grande retorno politico. É a obra hídrica de maior porte realizada no nordeste desde aos ano 50. As obras adiantadas do trecho leste foram visitadas até pelo presidenciável governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), que chegou a emprestar bombas do sistema Cantareira para que as águas desse trecho cheguem à Paraíba.

No último dia 10, o presidente Michel Temer (PMDB) foi inaugurar a transposição das águas. Durante o ato, no entanto, Lula é que foi homenageado por populares, que cantaram "olê, olê, olê, olá, Lulá, Lulá".

Para todo Brasil pelo site :  www.tvt.org.br. Para sintonizar a TVT: Canal 8.1 HD na região metropolitana de São Paulo, na internet, no site e no YouTube. Quem for assinante de sinal a cabo na capital e na região do ABC, deve sintonizar o canal 12 NET.

http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2017/03/tvt-transmite-ao-vivo-ato-politico-de-inauguracao-popular-da-transposicao-do-rio-sao-francisco


Transmissão ao vivo:

http://www.pt.org.br/

http://www.tvt.org.br/

https://www.youtube.com/redetvt

https://www.facebook.com/jornalistaslivres/

https://www.facebook.com/MidiaNINJA/ 

https://www.facebook.com/botandoapilha/ 

https://www.facebook.com/portaltvcariri/

https://www.facebook.com/Lula/

https://www.facebook.com/DilmaRousseff/






17.3.17

[HOJE] 'A mídia e o estado de exceção no Brasil' e 'A história do velho e novo sindicalismo'

[HOJE] Debate: A mídia e o Estado de exceção no Brasil - TRANSMISSÃO AO VIVO na Rede TVT

Com - Wadih Damous, ex-presidente da Ordem dos Advogados Brasileiras no Rio de Janeiro (OAB-RJ);
- Valeska Zanin, advogada do ex-presidente Lula;
- Altamiro Borges, jornalista, blogueiro e presidente do Barão de Itararé

Entrada franca. A atividade tem início às 19h e ocorre na sede do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé (Rua Rego Freitas, 454, conjunto 83 - próximo ao metrô República).

Após o debate, haverá o lançamento do livro O Caso Lula, organizado por Cristiano Zanin. O bate-papo terá transmissão ao vivo da Rede TVT, com reprodução em tempo real na página do Barão de Itararé.

Mais informações: https://www.facebook.com/events/1869976646618212/


...

[HOJE] A história do velho e novo sindicalismo como você nunca viu!

Acompanhe a luta dos trabalhadores por direitos e as formações sindicais ao longo da história no segundo episódio da série Chão de Fábrica!

Hoje, às 20h30, só aqui na TVT!

Estamos nos canais: tvt.org.br || Canal 8 - sinal digital HD aberto || Canal 12 NET-ABC || Canal 46 UHF || 13 NET-Mogi ||

...


http://www.tvt.org.br/

https://www.facebook.com/redetvt/?hc_ref=NEWSFEED&fref=nf





QUATRO GOVERNADORES ACOMPANHARÃO LULA EM VISITA À PB

Pernambuco 247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ter a companhia de pelo menos quatro governadores do Nordeste durante sua passagem pela cidade de Monteiro, no Sertão da Paraíba, neste domingo (19). Além da presidenta deposta Dilma Rousseff e do ex-ministro Ciro Gomes, Lula deverá ser acompanhado pelos governadores Ricardo Coutinho (PSB-PB), Camilo Santana (PT-CE), Rui Costa (PT-BA) e Wellington Dias (PT-PI).

O evento da inauguração "popular" da Transposição do Rio São Francisco está sendo visto como o lançamento de uma potencial candidatura de Lula à Presidência da República em 2018. No município, Lula também deverá banhar-se nas águas do rio e plantar árvores em suas margens. Também está previsto um ato politico e cultural no centro da cidade.

Michel Temer foi recebido pelos moradores da região com um protesto no último dia 10, quando viajou à Paraíba para inaugurar o Eixo Leste da obra da transposição do Rio São Francisco, realizada durante os governos Lula e Dilma.

http://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/285524/Quatro-governadores-acompanhar%C3%A3o-Lula-em-visita-%C3%A0-PB.htm

16.3.17

GILMAR FAZ JANTAR PARA POLÍTICOS INVESTIGADOS

Brasília 247 - O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e ministro do STF, Gilmar Mendes, recebeu em sua casa na noite desta quarta-feira (15)  Michel Temer e alguns dos principais políticos da base do governo para costurar um acordo em torno de uma reforma política. O grupo reuniu alguns dos principais nomes na lista de investigados da Odebrecht, como os senadores José Serra, Aécio Neves e Agripino Maia, além dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Euníco Oliveira. 

Um dos pontos centrais é um novo modelo de financiamento de campanhas, na esteira do debate da criminalização de doações eleitorais.

As informações são de reportagem de Marina Dias, Bruno Boghossian, Pedro Ladeira e Daniela Lima na Folha de S.Paulo

"O jantar, em uma residência de Gilmar no setor de mansões isoladas em Brasília, foi organizado em homenagem aos 75 anos do senador José Serra (PSDB-SP), que serão completados no domingo (19).

Além de Temer, estavam entre os presentes o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Agripino Maia (DEM-RN), o ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Mauro Campbell, além de embaixadores e outros convidados.

Temer chegou à casa de Mendes perto das 23h, após participar de um jantar com senadores do PMDB.

Essa é a segunda vez em quatro dias que políticos da base do governo se reúnem para tratar de projetos que podem ser votados no Congresso com o objetivo de criar um novo modelo para o financiamento de campanha. Na manhã desta quarta, Temer se reuniu no Palácio do Planalto com Mendes, Maia e Eunício para discutir o assunto."

http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/285266/Gilmar-faz-jantar-para-pol%C3%ADticos-investigados.htm



O dia em que o Brasil parou sem a ajuda da Globo

O dia em que o Brasil parou sem a ajuda da Globo

O Brasil parou nesta quarta-feira (15/03) sem a ajuda da imprensa. Pelo contrário, a Globo e outros veículos da mídia tradicional fizeram um esforço tremendo para garantir que nada estava acontecendo

manifestações fora temer brasil parou


A população brasileira foi às ruas nesta quarta-feira (15) em todas as capitais do país e no distrito federal para protestar contra as reformas trabalhista e da Previdência propostas pelo governo Temer.

O Dia Nacional de Paralisações foi organizado por professores da rede pública, estudantes, motoristas, metroviários, metalúrgicos, bancários, aposentados, movimentos sociais e sindicais. Foram registrados atos em mais de 200 cidades do Brasil.

Como era de se esperar, as manifestações não tiveram a devida cobertura da mídia, nem antes, nem durante e nem depois. Sem helicópteros, sem drones e entradas ao vivo. Pelo contrário, os protestos chegaram a ser criminalizados pelos veículos da imprensa tradicional.

Nunca é demais lembrar que a TV Globo, à época dos protestos pelo impeachment de Dilma Rousseff, foi elemento central para o sucesso de público daquelas manifestações, já que convocava os atos desde as primeiras horas do dia.

avenida paulista manifestação 15 03
Imagem da avenida paulista nesta quarta-feira (15/03)


Na avenida paulista, em São Paulo, onde os organizadores estimaram um público de mais de 200 mil pessoas, não havia apenas gente identificada com bandeiras do campo progressista.

Várias pessoas diziam que foram enganadas pela Globo e que perceberam que foram lesadas. "Estamos acordando e aderindo à luta", disse uma manifestante que participava de um ato popular pela primeira vez.

Imagem da manifestação no Rio de Janeiro:

Rio de Janeiro Candelária 15 03


Uma professora que caminhava pela paulista reclamava que o projeto que Michel Temer tenta implantar no Brasil foi rejeitado pelas urnas. "Esse golpe foi contra os trabalhadores, os aposentados e, principalmente, contra as mulheres".

Guilherme Boulos, coordenador do MTST, reforçou o que a reportagem de Pragmatismo Político identificou nas ruas. "O dia de hoje é um marco. Até aqui, nas últimas manifestações, estavam vindo às ruas apenas os movimentos organizados. Hoje tivemos um salto de qualidade. Muita gente que não está necessariamente mobilizada veio às ruas. Começou a cair a ficha sobre o tamanho do ataque das reformas trabalhista e da Previdência. É o início de um novo momento".

A avaliação de Raimundo Bonfim, coordenador da Frente Brasil Popular, vai no mesmo sentido. "Está caindo a ficha da população. No momento do impeachment de Dilma a coisa era mais politizada. Nesse momento, é uma questão concreta, o povo está fazendo as contas. Não é uma coisa que depende de filiação partidária, o prejuízo [se aprovadas as reformas trabalhista da Previdência] vai ser de todo mundo".

Por tudo o que se viu neste 15/03, é impossível dar as costas para o óbvio: sem a ajuda da Globo, o Brasil parou.

http://www.pragmatismopolitico.com.br/2017/03/o-dia-em-que-o-brasil-parou-sem-a-ajuda-da-globo.html

enviar e-mail a parlamentares

14/03/2017 14:28


Sintrajufe/RS convoca categoria a enviar e-mail a parlamentares pedindo a rejeição da reforma da Previdência


Em meio às diversas mobilizações que vêm sendo construídas por movimentos populares e entidades sindicais, entre elas o Sintrajufe/RS, com o objetivo de barrar a reforma da Previdência, é importante utilizar todas as ferramentas possíveis para pressionar os parlamentares. Por isso, o Sintrajufe/RS convoca a categoria a enviar e-mails para os deputados gaúchos defendendo a rejeição da proposta do governo de Michel Temer. 

No texto, ressalta-se a farsa do déficit, destaca-se que não há nenhuma justificativa plausível para a reforma e que a proposta do governo trata-se de uma profunda retirada de direitos que pode acabar com a aposentadoria de boa parte da população brasileira. 

Veja abaixo o texto que o Sintrajufe/RS sugere que seja enviado aos parlamentares e, a seguir, a lista de e-mails dos deputados do Rio Grande do Sul:

 
 

 

Excelentíssimo(a) Senhor(a) Deputado(a) Federal:


 
 

 

Nós, trabalhadores do Judiciário Federal do Rio Grande do Sul, gostaríamos de contar com o apoio de V. Exa. no sentido de garantir que não sejam retirados direitos dos trabalhadores brasileiros na reforma da Previdência Social (PEC 287/16) patrocinada pelo governo federal, rejeitando na íntegra a proposta governamental


 
 

 

Entendemos que é urgente e necessária ampla e profunda discussão acerca da arrecadação do Sistema de Seguridade Social Brasileiro, uma vez que se forem consideradas todas as receitas previstas na Constituição Federal, não há qualquer déficit na Previdência Social, como insiste em divulgar o governo em sua campanha como justificativa para a reforma. Ao contrário, como já demonstrado em estudos da Anfip - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, corroborados por diversos outros especialistas na matéria, os superávits da Previdência Social nos últimos anos foram sucessivos: saldo positivo de R$ 59,9 bilhões em 2006; R$ 72,6 bilhões, em 2007; R$ 64,3 bi, em 2008; R$ 32,7 bi, em 2009; R$ 53,8 bi, em 2010; R$ 75,7 bi, em 2011; R$ 82,7 bi, em 2012; R$ 76,2 bi, em 2013; R$ 53,9 bi, em 2014 e R$ 24 bi, em 2016.


 
 

 

Como se vê, o déficit sustentado pelo governo (sem qualquer cálculo atuarial que o comprove) é fictício e fruto de manipulação de dados, desconsiderando arrecadação com Cofins, CSLL, PIS-Pasep, impostos sobre exportações, impostos sobre as loterias, entre outros receitas destinadas à Seguridade Social, nos termos da CF/88.


 
 

 

Além disso, o governo usa a famigerada DRU (Desvinculação de Receitas da União) para transferir o superávit da Seguridade Social e cobrir outras despesas, notadamente o pagamento de juros da dívida pública, que deve consumir quase metade do orçamento federal no ano de 2017 (R$ 1,7 trilhão, conforme Lei Orçamentária Anual de 2017), dinheiro esse que, curiosamente, é destinado para agentes econômicos que tem muito a lucrar com a venda de fundos de previdência privada. Muitos desses, aliás, figuram na lista dos maiores devedores da Previdência Social.

 


Nesse contexto, senhor(a) deputado(a), não há qualquer justificativa plausível para a aprovação da PEC 287/2016, projeto que retira direitos dos trabalhadores e, para boa parte desses, significa, na prática, inviabilizar o direito à aposentadoria.

 
 

 

Ante o exposto, queremos contar com seu apoio para rejeitar a proposta de reforma da Previdência, votando NÃO à PEC 287/2016, projeto prejudicial à população e, como sustentado acima, apresentado com base em premissas absolutamente equivocadas.


 
 

 

Acompanharemos seu voto!


 
 

 

Cordialmente,


 
 

 

Lista de e-mails:





































Cancion con todos

Salgo a caminar
Por la cintura cosmica del sur
Piso en la region
Mas vegetal del viento y de la luz
Siento al caminar
Toda la piel de america en mi piel
Y anda en mi sangre un rio
Que libera en mi voz su caudal.

Sol de alto peru
Rostro bolivia estaño y soledad
Un verde brasil
Besa mi chile cobre y mineral
Subo desde el sur
Hacia la entraña america y total
Pura raiz de un grito
Destinado a crecer y a estallar.

Todas las voces todas
Todas las manos todas
Toda la sangre puede
Ser cancion en el viento
Canta conmigo canta
Hermano americano
Libera tu esperanza
Con un grito en la voz