Páginas

pergunta:

"Até quando vamos ter que agüentar a apropriação da idéia de 'liberdade de imprensa', de 'liberdade de expressão', pelos proprietários da grande mídia mercantil – os Frias, os Marinhos, os Mesquitas, os Civitas -, que as definem como sua liberdade de dizer o que acham e de designar quem ocupa os espaços escritos, falados e vistos, para reproduzir o mesmo discurso, o pensamento único dos monopólios privados?"

Emir Sader

17.5.17

Na obsessão por Lula, turma de Curitiba não tem limites

Na obsessão por Lula, turma de Curitiba não tem limites

Ao Nocaute, Eric Nepomuceno argumenta: para tudo tem limite, menos para aqueles que estão obstinados em encontrar qualquer motivo para acusar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para quem resiste, fica a indignação




[NocauteTV] Na obsessão por Lula, a turma de Curitiba não tem limites - VÍDEO: https://www.youtube.com/watch?v=eCP6pZLJvro

Por Eric Nepomuceno*

Eu tenho um amigo muito querido que diz que para tudo nesta vida existe limite: até para saque em caixa eletrônico. Eu acho que esta turma de Curitiba, estes jovens procuradores messiânicos fanáticos, esse pessoal da Polícia Federal não usa caixa eletrônico porque eles desconhecem limite. Para eles, nada tem limite.

Por exemplo, agora, a Operação Zelotes resolveu incriminar Lula, claro, e o ex-ministro da Secretaria Geral da Presidência Gilberto Carvalho. Do que eles são acusados? Da venda de uma Medida Provisória que beneficiava a instalação de montadoras e fabricantes de automóveis em alguns estados do Brasil.

Caramba! É sem fim. Esse negócio é sem fim. Quer dizer, é um massacre impiedoso. Que prova eles têm? Qual é a prova que a Polícia Federal conseguiu apurar? Nenhuma. Nenhuma. Deduções. Um lobista tinha uma anotação de uma reunião dele com Gilberto Carvalho, que não aconteceu. Aliás, não aconteceu.

Eu acho que a gente… chega uma hora que cansa. Eu estou cansado, e não há o que fazer. Eu estou cansado e não há o que fazer: é sem limites. Este inferno não vai acabar nunca. Esta obsessão não vai acabar nunca.

Quem assistiu à manipulação que o Sérgio Moro fez quando interrogava o ex-presidente Lula da Silva, quem viu a petulância, a impertinência de um fedelho procurador da República. Procurador do quê? Devia procurar a turma dele. Chamando o Lula de "senhor Luiz Inácio".

Cansa, cansa, e não há nada que se possa fazer, a não ser guardar na memória e mostrar indignação. Indignação, sobretudo, com as instâncias mais altas da Justiça deste país, que assistem a isto com a maior passividade bovina e cúmplice. Eu não aguento mais esse negócio.





Nenhum comentário:

Cancion con todos

Salgo a caminar
Por la cintura cosmica del sur
Piso en la region
Mas vegetal del viento y de la luz
Siento al caminar
Toda la piel de america en mi piel
Y anda en mi sangre un rio
Que libera en mi voz su caudal.

Sol de alto peru
Rostro bolivia estaño y soledad
Un verde brasil
Besa mi chile cobre y mineral
Subo desde el sur
Hacia la entraña america y total
Pura raiz de un grito
Destinado a crecer y a estallar.

Todas las voces todas
Todas las manos todas
Toda la sangre puede
Ser cancion en el viento
Canta conmigo canta
Hermano americano
Libera tu esperanza
Con un grito en la voz