Páginas

pergunta:

"Até quando vamos ter que agüentar a apropriação da idéia de 'liberdade de imprensa', de 'liberdade de expressão', pelos proprietários da grande mídia mercantil – os Frias, os Marinhos, os Mesquitas, os Civitas -, que as definem como sua liberdade de dizer o que acham e de designar quem ocupa os espaços escritos, falados e vistos, para reproduzir o mesmo discurso, o pensamento único dos monopólios privados?"

Emir Sader

25.2.15

'O jornalismo desapareceu', diz Eric Nepomuceno, sobre mídia na Lava Jato

PETROBRAS

'O jornalismo desapareceu', diz Eric Nepomuceno, sobre mídia na Lava Jato

Escritor e também jornalista vai participar do ato em defesa da Petrobras hoje (24) na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro
por Redação RBA publicado 24/02/2015 12:20, última modificação 24/02/2015 12:23
Comments
REPRODUÇÃO / ARQUIVO RBA
eric.jpg

Escritor e jornalista, Eric Nepomuceno denuncia 'tribunismo' e 'negocismo', da mídia tradicional do país

São Paulo – O jornalista e escritor Eric Nepomuceno, que participará do ato de hoje (24) em defesa da Petrobras, marcado para às 19h, na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro, disse em entrevista àRádio Brasil Atual que os interesses que movem a intensa campanha contra a Petrobras, lançada a partir das denúncias de corrupção e desvio de recursos dentro da estatal, são claros e clamam pela privatização da riqueza nacional.

"Quem quer explorar a Petrobras quer explorar o Brasil, vai explorar os brasileiros. Quem perde é o país, perdemos todos. São 200 milhões de perdedores, 200 milhões de brasileiros. Essa é uma empresa soberana. Não tenho nenhuma ação da Petrobras, mas ela também é minha", afirma o escritor.

Nepomuceno criticou com veemência a cobertura do caso pela imprensa, que classificou como um ataque declarado à informação e ao bem público. "Hoje, qualquer denúncia vira verdade e tá acabado. Me espanta as emissoras de televisão, que se utilizam de uma concessão pública, venderem o país desta maneira. O jornalismo desapareceu, agora é 'tribunismo' e 'negocismo'".

Ouça por completo a entrevista concedida por Nepomuceno:



Nenhum comentário:

Cancion con todos

Salgo a caminar
Por la cintura cosmica del sur
Piso en la region
Mas vegetal del viento y de la luz
Siento al caminar
Toda la piel de america en mi piel
Y anda en mi sangre un rio
Que libera en mi voz su caudal.

Sol de alto peru
Rostro bolivia estaño y soledad
Un verde brasil
Besa mi chile cobre y mineral
Subo desde el sur
Hacia la entraña america y total
Pura raiz de un grito
Destinado a crecer y a estallar.

Todas las voces todas
Todas las manos todas
Toda la sangre puede
Ser cancion en el viento
Canta conmigo canta
Hermano americano
Libera tu esperanza
Con un grito en la voz